O MIBGAS e o OMIE dão início aos testes da Plataforma de Informação Privilegiada Ibérica (IIP) para os mercados de eletricidade e gás, que começará a operar no dia 1 de janeiro de 2021.

O MIBGAS e o OMIE finalizaram os trabalhos de desenvolvimento da Plataforma de Informação Privilegiada Ibérica que permitirá aos agentes do mercado ibérico, tanto do setor da eletricidade como do gás, o cumprimento das obrigações que se estabelecem no artigo 4 do Regulamento europeu sobre a integridade e a transparência do mercado grossista de energia.

WEBINAR INFORMATIVO

Vai-se realizar um webinar informativo com os agentes interessados. para explicar o funcionamento da plataforma, tanto o envio da informação através dos sites privados do OMIE e do MIBGAS, como a visualização da mesma no site público desenvolvido. Este webinar terá lugar em 15/12/2020 pelas 11h e será dado online, com uma duração aproximada de uma hora e meia. Mais adiante divulgaremos os pormenores.

TESTES COM AGENTES

Está previsto que os testes com os agentes se realizem de 14 a 18 de dezembro, ambos os días incluídos, período no qual haverá pessoal disponível para atender as consultas dos agentes.

Detalhes técnicos para os testes

Para os agentes interessados em realizar testes internos antes da data prevista dos testes com o OMIE e o MIBGAS, de seguida indicam-se as URLs dos vários serviços. Pede-se o favor que o ambiente indicado seja utilizado somente para realizar os testes relacionados com o envio de informação privilegiada.

Parte privada (envio de informação pelos Agentes de Mercado):

Parte pública (consulta de dados pública):

O envio de mensagens realiza-se de forma assinada no Site do Mercado, tal como já se efetuam os restantes envios dentro do Site (por exemplo, o envio de ofertas para MD/MI). O funcionamento é análogo ao já existente, tanto no envio de informação (ecrã, ficheiro, WWSS) como na consulta. Será igualmente necessário dar alta de um contacto tipo (“representante IIP”) para poder realizar os envios de mensagens. No sistema real, a introdução da pessoa de contacto lançará o processo de geração do “Contrato de acesso ao serviço de publicação de informação”, processo que foi eliminado no site de testes. Anexa-se a este comunicado o contrato de acesso previsto.

As mensagens que se mostram neste momento na plataforma correspondem aos testes internos realizados pelo Operador do Mercado, que, tal como os que realizem os agentes no sistema de testes, carecem de validade para a ACER.

Juntamente com este comunicado enviam-se os esquemas (XSD) necessários e os WSDL (definição de serviços web) para a troca de informação. Estes esquemas foram desenvolvidos com base no  Manual of Procedures publicado pela ACER.

Recorda-se que a Plataforma de Informação Privilegiada Ibérica não terá custo, sendo apenas necessária a assinatura do contrato que estabelece as condições de uso.

Ficamos ao v/ dispor para qualquer esclarecimento.